Onde estiver estarei

Rebeca Andrade fica na 11ª colocação em sua estreia nos Jogos Olímpicos

Jade Barbosa sente dores no tornozelo direito na apresentação do solo

Fonte: Clube de Regatas do Flamengo (Notícia original)
12 de Agosto de 2016

Rebeca Andrade fica na 11ª colocação em sua estreia nos Jogos Olímpicos
Foto: Divulgação / Site Oficial do Flamengo
Na disputa da ginástica artística individual feminina nessa quinta-feira (11), a atleta rubro-negra Rebeca Andrade, de apenas 17 anos, conquistou a 11º lugar na classificação dessas finais. Sua maior pontuação ocorreu na primeira rotação, justamente em sua especialidade, o salto. Rebeca marcou 15.566 pontos e ficou na terceira colocação momentânea ao fim da disputa no primeiro aparelho.

Após conseguir 13.700 na primeira rotação, na trave, Jade Barbosa sentiu dores no tornozelo direito após fazer a segunda acrobacia em sua performance no solo. A ginasta recebeu muitos aplausos do público e foi levada diretamente para a policlínica da Vila Olímpica, onde passará por uma ressonância magnética a fim de receber um diagnóstico para a lesão.

Na segunda-feira (15), Flavia Saraiva disputa a final da trave na Arena.

Veja os resultados das rubro-negras em cada prova da final individual:

1ª rotação:
Rebeca Andrade (salto): 15.566

2ª rotação:
Rebeca Andrade (barras assimétricas): 14.033

3ª rotação:
Rebeca Andrade (trave): 13.600

4ª rotação:
Rebeca Andrade (solo): 13.766

As equipes de ginástica artística do Clube de Regatas do Flamengo contam com apoio da Confederação Brasileira de Clubes (CBC) provenientes da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé e com recursos de seu patrocinador – MRS Logística – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR). 

Comentários

Você precisa estar logado para comentar. Clique aqui e faça seu login.