Onde estiver estarei

Capita Eterno: O Flamengo lamenta a perda de Carlos Alberto Torres

Técnico na conquista do Brasileirão de 1983 faleceu nesta terça-feira (25)

Fonte: Clube de Regatas do Flamengo (Notícia original)
25 de Outubro de 2016

Capita Eterno: O Flamengo lamenta a perda de Carlos Alberto Torres
Foto: Divulgação / Site Oficial do Flamengo
Faleceu nesta terça-feira (25), o eterno capitão do tricampeonato mundial da Seleção Brasileira em 1970, Carlos Alberto Torres. Figura ímpar do futebol carioca, nacional e internacional, Carlos Alberto fez parte da história do Flamengo como jogador e treinador.

Primeiro em 1977, como jogador, atuou em 19 jogos. Estreou em 05 de fevereiro daquele ano na vitória rubro-negra sobre o Fluminense por 3 a 1. Meses depois, em 29 de maio, fez a última partida em nova vitória, dessa vez contra o Campo Grande, por 5 a 1.

Foi o treinador na conquista do Brasileirão de 1983. Estreou em goleada contra o Corinthians, 5 a 1, em 17 de abril, e deixou o cargo meses depois, em agosto, após derrota contra o Botafogo pela Taça Guanabara. Levou a equipe até a semifinal da Libertadores da América.

Voltou ao comando técnico em 2001 e foi fundamental na luta contra o rebaixamento naquela temporada. A estreia foi em Juiz de Fora, em 18 de novembro, vitória rubro-negra com gol de Felipe Melo.



O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente essa perda irreparável e deseja os mais profundos sentimentos aos fãs, torcedores, amigos e familiares. 

Comentários

Você precisa estar logado para comentar. Clique aqui e faça seu login.